Estado quer acelerar criação de Parque Industrial de Marituba 

Na sede da Sedeme, em Belém, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará, Iran Lima, recebeu o prefeito de Marituba, Mário Filho (PSD), e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial de Marituba (Codim), Edmilson Campos, em reunião pedida pela comitiva municipal, para a retomada das tratativas à criação do Parque Industrial do Município de Marituba.

O polo tem área selecionada na rodovia PA 150, à altura do km 2 da Alça Viária, município de Marituba, próxima do posto da Polícia Rodoviária estadual, na Região Metropolitana de Belém (RMB). O encontro nesta terça-feira, 19, serviu para atualizar as informações entre Estado e Município de Marituba sobre o status do futuro empreendimento industrial.

O secretário Iran Lima reputou a criação do Parque Industrial de Marituba na RMB, como um dos mais estratégicos em logística e mobilidade urbana para empreendimentos industriais.

“Queremos acelerar o apoio institucional do governo estadual à iniciativa’’, afirmou Iran Lima, referindo-se ao indispensável envolvimento da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), que junto com a Codim, de Marituba, estarão responsáveis em deslanchar a iniciativa de fomento ao setor produtivo.

De acordo com o prefeito Mário Filho, a Prefeitura de Marituba já contabiliza 64 cartas de intenções de empresas e indústrias interessadas em se instalar no novo distrito industrial, previsto para a Alça Viária.

“O local é especial, interessante, porque de lá é possível escoar a produção pelas vias rodoviária e hidroviária e se está a um passo do município de Barcarena e toda sua estrutura de porto industrial’’, comentou Mário Filho.

Mário Filho recordou que o Parque Industrial é um sonho de duas décadas do município de Marituba que começa a se consolidar. “Não tivemos como avançar em 2018 por ser um ano eleitoral. Temos os mapas, as plantas técnicas e o projeto do parque, estávamos só esperando o começo do novo governo (estadual) para tornar nosso projeto realidade, estamos na reta final e viemos pedir o apoio do secretário Iran Lima, e aguardamos que tudo prospere para tocar a obra’’, afirmou o prefeito.

Segundo o presidente da Codim, Edmilson Campos, o futuro Parque Industrial será divido em polos distintos. O primeiro será o logístico, concentrando empresas transportadoras, o que deve desafogar o tráfego de veículos pesados na entrada e saída da capital paraense. O espaço terá ainda outros três polos: o polo moveleiro, o polo de confecções e o polo de produtos naturais.

“No polo moveleiro temos como trabalhar com MDF, HDF, tudo madeira certificada. O polo de confecções tem forte tradição local e o polo de produtos naturais dará destaque para os nossos recursos naturais a partir das indústrias do cacau, da castanha-do-Pará, do açaí, do dendê, de perfumes’’, afirmou Edmilson Campos. Texto e fotos: Ascom/Sedeme.